Saiba como montar um jardim de suculentas em sua casa

Saiba como montar um jardim de suculentas em sua casa

Elas são exóticas, pequenas e tem as folhas cheias de líquido. Resistentes a condições extremas, como longos períodos de seca, as suculentas ganharam espaço nos lares das grandes cidades por serem fáceis de cuidar. Com origem em regiões desérticas ou semiáridas do mundo, há mais de 100 espécies deste tipo de planta no Brasil, e as suas variações mais populares são a echevéria, dedinho de moça, planta jade, aortia, gastéria e flor de maio.

Solte a imaginação

Compactas e com raízes curtas, elas não costumam crescer muito, são bastante amigáveis com outras espécies e ocupam pouca terra, cabendo nos menores vasos. Tantas possibilidades de arranjos fizeram com que as suculentas caíssem no gosto do público. Em sua loja online, a Planta Jardim, Rick Salgado explora a criatividade combinando as micro plantas em terrários de vidro, porcelanas antigas e nos mais inusitados espaços. Alguns desses mini-jardins ganham até miniaturas de animais e personagens para conviver com as espécias irmãs dos cactos.

Foto: divulgação

As criações de Rick Salgado, que começou a cultivar suculentas como hobby e hoje vende terrários através do Facebook – Fotos: divulgação / Planta Jardim

Para aqueles que querem se aventurar nos arranjos de suculentas, a paisagista Lidiane Piekarski, do blog ABC das Suculentas, dá o caminho das pedras: “Não tenha medo de errar, ouse nas combinações, aperte as suculentas nos vasos, quanto mais, melhor. Tente recriar o ambiente natural”. E ainda ajuda a finalizar o arranjo com classe: “Vasos com terra ou muito pedrisco aparente ficam deselegantes.”

Muito sol e ventilação

Antes de sair por aí comprando suas suculentas, fique atento às necessidades da planta. “A primeira coisa a se levar em consideração, é a incidência de sol no local onde o jardim será montado. Dê preferência ao sol da manhã até o meio dia,” afirmou Lidiane, que se especializou na montagem de jardins semiáridos para seus clientes. De acordo com ela, este tipo de planta não costuma se desenvolver bem em ambientes com pouca ventilação e luz solar. Rick também faz coro e recomenda: “A melhor coisa para quem não tem muita prática é deixá-la sempre perto de luz solar direta ou indireta, seja na varanda ou dentro de casa, desde que tenha muita luz,” disse ele.

suculentas_rick_salgado_

Para as suculentas, espaço não é problema e qualquer objeto pode abrigá-las. Fique atento apenas para não encharcar suas raízes – Fotos: divulgação / Planta Jardim

Água na dose certa

Outro fator que pode fazer a diferença nos cuidados das suculentas é saber a dose certa de água, para não encharcá-la. “As regas devem ser cuidadosas, uma vez por semana no verão, e uma vez a cada quinze dias no inverno. Se perceber que suas plantas estão murchando, aumente gradativamente a quantidade de água. Caso as folhas da base começarem a apodrecer, diminua,“ disse Rick.

As pequenas suculentas costumam ter a sua vida reduzida, mas duram alguns anos. Para que elas possam se desenvolver de maneira plena, é necessário que depois de algum tempo, elas sejam transferidas para vasos maiores. “Quando for mudá-las, certifique-se de usar terra adubada de boa qualidade, acrescida de uma parte de areia lavada. Capriche na quantidade de pedras no fundo do vaso para que não haja acúmulo de água. Isso pode apodrecer as raízes da planta,” disse Lidiane.

Foto: divulgação

Para que as plantas se desenvolvam por completo, é necessário transferí-las para vasos maiores com o tempo – Fotos: divulgação / Planta Jardim

 Foto de capa: Divulgação / Planta Jardim

Assuntos: ,

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Pingback: Decor: Planta Suculenta | Mais 20 minutos