Parque da Aclimação: conheça o seu novo vizinho

Parque da Aclimação: conheça o seu novo vizinho

A História deste lindo Parque começa em 1882, com o sonho de um médico chamado Carlos Botelho. Vindo de Piracicaba, mas formado em Paris, comprou terras na região de SP e criou a versão brasileira para o Jardin d’Acclimatation, que, na sua versão original, possuía um zôo para a aclimatação de espécies exóticas.

Jardin d’acclimatation – Paris

Inicialmente chamado de Jardim da Aclimação, o local foi sede do primeiro zoológico da cidade e segundo jornais da época abrigou animais como um urso polar, um camelo e até hienas.

No início do século XX o Parque já dava sinais de que seria um grande ponto de encontro, devido sua localização que  interligava o centro da cidade, o sertão e o litoral. Muitos lotes foram construídos a sua volta, o que foi determinante para o desenvolvimento desta região.

Entrada do Parque no início do século XX

Em 1986 o Parque da Aclimação foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico – CONDEPHAAT.

Atualmente o parque é um dos mais importantes da cidade, localizado em um bairro nobre e frequentado por moradores de classe média alta. Dispõe de diversas opções de lazer em 112mil m² de área verde das 6h às 20h.

O parque abriga um lago, concha acústica, jardim japonês com espelho d’água, aparelhos de ginástica, pista de cooper e caminhada, playgrounds infantis, paraciclo e campos de futebol, voleibol e basquetebol.

Sua vegetação é composta por bosques implantados e áreas ajardinadas com espécies nativas e exóticas.

Apesar de estar bem no Centro, é um  local extremamente tranquilo, ótimo para um passeio e para praticar exercícios.

 

 

 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Pingback: Aclimação: o bairro onde você quer morar; High Park: o empreendimento certo para você | Morar Kallas