No frio, os pets merecem cuidado redobrado

No frio, os pets merecem cuidado redobrado

Da mesma forma que nós humanos, os animais sofrem com as estações de baixas temperaturas. Resfriam-se, espirram e se arrepiam, tudo igual. Mas não podem aumentar os graus do aquecedor e sair à procura de mais malhas sozinhos. Para ajudar seu pet neste inverno, siga algumas dicas.

Cães e gatos

Algumas raças que apresentam pelagem espessa e mais gordura corpórea estão preparados para suportar a baixa da temperatura, mas outras tratam de se encolher e deixam a olhos vistos o cuidado que precisam. Tremedeiras, tosses, focinho e orelhas geladas são os sinais claros de resfriamento. São também mais recorrentes as doenças respiratórias e o aumento de dores ósseas e hérnias, nada que não possa ser evitado com carinho e precauções.

Segundo especialistas, o melhor a fazer é diminuir a frequência dos banhos, deixar seu animal aquecido com roupinhas confortáveis próprias para pet, levar seu cão para passear em horários com sol e maior temperatura, mantê-lo em local fechado longe das chuvas e deixar sua cama quente com cobertores ou dentro de uma casinha.

O cuidado com a alimentação também é importante. O gasto de energia é maior e a reposição também deve ser. Aumente em 20 a 30% a porção de ração e sirva água a 20 graus para estimular sua hidratação. Fique atento quanto à frequência que o animal procura por comida, caso diminua, leve seu companheiro a um veterinário.

pets_frio

Aves e peixes

Ao contrário do que se pensa, as duas espécies sofrem e muito com o frio. Em gaiolas, prática que não é recomendada, passarinhos domésticos devem ganhar proteção dos ventos e baixa temperatura com cobertores. Cubra a gaiola e mantenha-a longe de correntes de ar. Já para os peixes em aquários, o jeito é regular a temperatura da água. Cheque se o termostato está funcionando corretamente e ajuste o habitat em 24 a 25 graus.

Imagens: Isabela Ribeiro/divulgação, GNT

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *