Dicas para reduzir o lixo doméstico

Dicas para reduzir o lixo doméstico

Dizem que do pó viemos e ao pó retornaremos, mas não é bem assim quando o assunto é lixo. O lixo é um problema generalizado e que devemos nos preocupar. Então que tal começar a fazer a sua parte para termos um futuro melhor?

1.       Reduzir o uso de descartáveis

Os pratos e copos descartáveis são feitos de plástico provindo do petróleo, o que gera graves problemas ambientais se não forem enviados para a reciclagem. O uso desses materiais é prático, porém gera uma quantidade imensa de resíduos. Use copos de vidro, leve sua própria caneca para tomar café no trabalho e prefira itens reutilizáveis.

2.       Alimentos

Dê preferência para a compra do produto a granel, como em feiras por exemplo, onde o alimento não vem com a embalagem tradicional de plástico e ainda é mais fresco. Caso sejam comprados em supermercados, saiba que alguns estabelecimentos já dispõem de caixas verdes, nas quais é possível descartar as embalagens maiores que vão direto para a reciclagem.

Os restos de alimento também não precisam ir para o lixo comum. Já é possível decompor naturalmente os resíduos em casa, mesmo em apartamentos com pouco espaço, de um jeito prático e higiênico. Nos últimos anos, algumas marcas de equipamentos de compostagem chegaram ao mercado com a missão de realizar essa tarefa. Siga sempre as recomendações do fabricante para fazer o processo de maneira correta e não gerar nem lixo e nem mau cheiro.

3.       Sacolas

A dica é usar as sacolas plásticas tradicional o menos possível. Use sacolas reutilizáveis e ecobags – até porque existem opções lindas e práticas à venda. O uso de caixas de papelão também é incentivado, mas não esqueça de reciclar a caixa depois. Se necessitar de sacolas para o lixo comum, busque os modelos alternativos como o plástico feito à base de amido e também o saco feito a partir de reações com bactérias. Existem plásticos 100% biodegradáveis, com a tecnologia Ecoflex, desenvolvida pela BASF.

lixodomestico-02

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4.       Recuse correspondências que não precisa

Cancele sua assinatura de catálogos que você não lê e prefira receber tudo online. Vários bancos já têm a opção de mandar a fatura do cartão de crédito e o extrato por e-mail. Use a tecnologia a favor da natureza. Coloque lembretes no celular para não esquecer de checar a caixa de mensagens e pagar suas contas.

 5.       Reciclagem

A dica final é a mais famosa e a mais necessária! Separe todo papel, plástico, metal e vidro que possa ser reciclado. Amasse as latas de alumínio e as garrafas plásticas sem tampa para que ocupem menos espaço no lixo e assim você use menos sacos para guardar o material. Algumas estações de reciclagem, supermercados e ONGs já aceitam óleo de cozinha usado. Jamais jogue esse resíduo no ralo. Em alguns lugares já existe até a coleta seletiva nas casa. Não existe desculpa para não reciclar.

 lixodomestico-03

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *