Dicas de como deixar sua casa mais segura para as crianças

Dicas de como deixar sua casa mais segura para as crianças

Um fato que sempre preocupa muito todos os pais é a segurança das crianças dentro de casa. Basta deixá-los sozinhos por alguns minutos para aprontarem e por mais atenciosos que os pais sejam, crianças são sempre muito curiosas. Por esse motivo, todo é cuidado é pouco!

Segundo a ONG Criança Segura Safe Kids Brasil, cerca de 90% dos acidentes ou lesões não intencionais, ocorridos com crianças de até 14 anos, poderiam ser evitadas com medidas de prevenção aplicadas na estrutura do lar.

Além de conversar e estipular regras para convívio dentro de casa desde muito cedo, é importante fazer algumas mudanças na estrutura da casa para as crianças menores que ainda não têm nenhuma noção do perigo. Para isso, separamos abaixo algumas dicas que podem ser usadas para deixar sua casa mais segura para as crianças:

 

Banheiro

Quando a criança é pequena o ideal é que elas não fiquem sozinhas, pois o peso da cabeça é proporcionalmente maior do que o corpo, podendo influenciar no equilíbrio. Devemos sempre estar atentos e também não deixá-los sozinhos em nenhum momento durante o banho, pois o piso escorregadio pode ser um perigo muito grande. Manter as privadas fechadas pode ser uma outra prevenção necessária, porque se a criança se debruçar sobre ela, pode correr perigo de afogamento. Cerca de 10 segundos são suficientes para que fique submersa, em 2 minutos a levando a perder a consciência.

Para evitar esses acidentes no banheiro, pode-se inclusive providenciar lacres de privada e tapetes antiderrapantes no box ou banheira, que ajudam a diminuir os riscos de queda.

 

Cozinha

Para crianças que já caminham e tem acesso ao ambiente é preciso sempre se certificar de que panelas e utensílios com ponta, como facas, estejam fora de alcance. Cozinhar com a criança no colo não é uma boa opção. Utilize sempre as bocas de trás do fogão, deixando os cabos das panelas fora do alcance da criança. Mantenha eletrodomésticos, materiais cortantes e tóxicos como o álcool em armários e gavetas posicionados mais acima do alcance dos pequenos. Os sacos plásticos também podem oferecer risco por sufocação.

 

Sala

Tanto na sala quanto em outros cômodos da casa, se o piso for liso é necessário usar tapetes antiderrapantes para evitar acidentes. Fios atrás dos móveis com televisão e eletrônicos devem estar encapados de modo que a criança não consiga mexer, de preferência escondidos dentro de algum móvel. Tomadas devem sempre estar protegidas por protetores para evitar choques elétricos se a criança encostar os dedos e caso o fato aconteça, desligue o quadro da eletricidade para evitar transmissão de corrente e chame a emergência.

Procura ter móveis com pontas arredondadas ou use os protetores de cantos. Deixe objetos quebráveis, como vasos de vidros, em locais de difícil acesso. Assim como a televisão, certifique-se de que a mesma esteja bem posicionada e apoiada para que não tombe sobre o peso da criança. Outro fato a se atentar são as toalhas de mesa. Crianças costumam se apoiar em tudo quando perdem o equilíbrio, e o apoio da vez pode ser uma das pontas de sua toalha de mesa. Isso pode fazer com que inúmeros itens caiam de cima da mesa sobre a criança.

 

Quarto

Evite que a cama ou berço das crianças esteja próxima de janelas e portas. Mesmo que a janela tenha grade ou tela, a mesma pode machucar sendo fechada sobre o dedo da criança por acidente. Crianças costumam acordar durante a noite e procurar pelos pais, estando longe da porta é mais fácil dos pais chegarem até elas antes que saiam pela casa. Para casas com escadas é importante ter um portão ou tela fechando a passagem para que acidentes não ocorram.

Cosméticos, medicamentos e qualquer produto tóxico deve ficar a uma altura que a criança não alcance.

 

Esperamos ter ajudado a deixar sua casa mais segura, assim evitando os diversos acidentes que podem ocorrer com as crianças. É extremamente importante que os pais conversem muito com os pequenos, ensinando seus limites dentro de casa. Por outro lado sabemos que, enquanto são muito novos, fica mais difícil que entendam todas as recomendações dos pais. Portanto, toda precaução é fundamental!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *